sexta-feira, 26 de agosto de 2016

SIGNIFICADO DO DESFILE CÍVICO DE 7 DE SETEMBRO

Compartilhar no WhatsApp

SIGNIFICADO DO DESFILE CÍVICO DE 7 DE SETEMBRO

Para discutirmos o sentido do Desfile Cívico de 7 de setembro precisamos realizar uma contextualização histórica em relação aos usos e significados que foram sendo atribuídos a este evento, bem como contextualizá-lo em relação a quatro conceitos os quais, embora muito semelhantes quanto ao seu uso na linguagem cotidiana, guardam especificidades, e que são NACIONALISMO, PATRIOTISMO, CIVISMO e CIDADANIA.
Comemorações do 7 de setembro aconteciam, de maneira relativamente informal e espontânea, desde a proclamação da República (1889) e originalmente havia apenas um Desfile Militar nas capitais, até porque os primeiros governos republicanos não haviam definido se a grande data nacional seria esta, o 15 de novembro, data da Proclamação da República ou o 21 de abril, dia de Tiradentes.
Foi no primeiro governo de Getúlio Vargas que os estudantes e algumas agremiações e Sindicatos foram agregados ao Desfile.
A “era Vargas”, muito embora possa ser dividida em 3 partes (governo ditatorial, de 1930-1934, governo democrático, 1934-1937 e Estado Novo, 1937-1945), no seu conjunto significa um momento de afirmação do NACIONALISMO, o qual encontrava-se exacerbado na época, em nível global.
Na essência, o nacionalismo é uma ideia, surgida após a Revolução Francesa (1789) sendo que em sentido estrito, seria um sentimento de valorização marcado pela aproximação e identificação com uma nação.
O conceito de Nação, por sua vez, traz consigo valores positivos como a língua e a cultura, o sentimento Nacional, a defesa do território, mas, a exacerbação do nacionalismo, leva à xenofobia (ódio aos estrangeiros) e até a perseguição das “minorias” (pois não compactuariam dos “valores e sentimentos nacionais” da maioria) como aconteceu no nazismo e no fascismo.
O Dia da Pátria, 7 de setembro, só foi tornado feriado Nacional através da Lei 662, de 6 de abril de 1949, quando o Presidente do Brasil era o General Eurico Gaspar Dutra.
Nesta época, notadamente na década seguinte (que foi a época do desenvolvimentismo, da Construção de Brasília, que elevou a autoestima dos brasileiros e da Bossa Nova, que nos projetou internacionalmente), a ideia de NACIONALISMO foi gradativamente sendo suplantada pela ideia de PATRIOTISMO: sentimento de orgulho, amor e devoção à pátria e aos seus símbolos, bem como o amor dos que querem servir ao seu país e ser solidários para com os seus compatriotas.
No intervalo 1949-1964 tivemos desfiles apoteóticos, que agregaram e congraçaram civis e militares, instituições laicas e religiosas, trabalhadores, crianças, jovens e movimento organizado dos Estudantes.
Após 1964, a ideia predominante em relação ao Desfile passou a ser o CIVISMO, entendido enquanto valores e práticas de normatização e harmonização, defesa das instituições e deveres para com a Pátria. Decorrente desta mudança de paradigma, o Desfile perdeu o caráter festivo e foi estabelecido o protocolo para as comemorações deste dia, através da Lei 5.571 de 28 de novembro de 1969, governo da junta governativa provisória de 1969 (generais Aurélio de Lira Tavares, Augusto Rademaker e Márcio de Sousa Melo).
Após a grande movimentação pelas “Diretas Já” em 1984, o movimento dos “caras-pintadas” pelo impeachment de Fernando Collor de Mello (1992), as várias marchas, paradas e mais recentemente as grandes manifestações de rua (junho e julho de 2013) o sentido do desfile converge cada vez mais, em nosso entendimento, para o conceito de CIDADANIA, já que estamos falando de cidadãos empoderados da sua cidade, do seu território, sendo que, segundo Milton Santos, o maior geógrafo brasileiro, o território é o “espaço humanizado”.

No município de Belém do São Francisco-PE, para o ano de 2016, teremos um desfile bastante diversificado e movimentado com o tema: “ONDE COMEÇA UMA GRANDE NAÇÃO?”

Fonte: https://sites.google.com/site/lucappellano/educacao-e-experiencias-pedagogicas/significado-do-desfile-civico-de-7-de-setembro

sexta-feira, 22 de julho de 2016

CONCURSO LER BEM - ETAPA FINAL - MUNICÍPIO BELÉM DO SÃO FRANCISCO-PE

Compartilhar no WhatsApp

Com o público formado por alunos, gestores das escolas, educadores e técnicos pedagógicos – SEDUC,  foi realizado o Concurso Ler Bem – Projeto Aspa de incentivo à leitura - etapa municipal, nesta quarta-feira (20/07), no espaço da Secretaria Municipal de Educação.
A edição teve a participação das alunas finalistas:
Gabriela Sofia de Brito e Silva – Escola Municipal Carolina Augusta de Sá
Shanna Taissa da Silva Santos – Escola Municipal Rita Neide Nogueira
Nataly Mirelly Cavalcante Santos – Escola Municipal Tia Zita
Kaynara Layris Ferreira de Souza - Escola Municipal Manoel Jacinto
Edla Lariane de Souza – Escola Municipal Dom Francisco Xavier
O concurso que teve comissão julgadora composta por membros da Seduc e da  Diretoria da Juventude, teve como vencedora a estudante Kaynara Layris Ferreira de Souza, da Escola Municipal Manoel Jacinto.
Nessa oportunidade, a Secretaria Municipal de Educação agradece a participação de todos, ao mesmo tempo em que parabeniza a aluna vencedora.     




















































terça-feira, 19 de julho de 2016

CONCURSO LER BEM - MUNICÍPIO DE BELÉM DO SÃO FRANCISCO-PE - ETAPA FINAL - 2016

Compartilhar no WhatsApp
Nesta quarta-feira (20/07/2016), será realizada a etapa final do Concurso "Ler Bem", promovido pela Associação Pernambucana de Atacadistas e Distribuidores (ASPA) em parceria com a equipe da Secretaria Municipal de Educação. O local da final será na Secretaria de Educação de Belém do São Francisco-PE.

segunda-feira, 18 de julho de 2016

ENEM 2016 - MUDANÇAS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

Compartilhar no WhatsApp

Redação ENEM 2016 – Tema e Critérios de Avaliação
O ENEM 2016, (Exame Nacional de Ensino Médio), será realizado em novembro, e as inscrições se iniciam no dia 9 de maio. Com apenas sete meses disponíveis para o preparo individual, os alunos já se questionam quais seriam os possíveis temas da redação ENEM 2016, como se preparar para redigir um bom texto, quais serão os principais métodos de avaliação etc. Por se tratar de uma prova longa é altamente recomendado que os estudantes comecem a se preparar com assiduidade.
A redação ENEM 2016 é uma das provas mais importantes do exame, é aplicada para que o aluno desenvolva um texto discursivo e argumentativo de no máximo 30 linhas, no qual o candidato expresse opinião sobre o texto proposto, contendo introdução, desenvolvimento, conclusão e que proponha uma intervenção apropriada com total respeito aos direitos humanos, para isso o aluno recebe vários textos bases para ler antes de iniciar suas argumentações.


Mudanças na redação do ENEM 2016 e Critérios de avaliação
A última edição do ENEM, foi marcada por diversas mudanças, relacionadas a segurança, horário de aplicação das provas, segurança e processo de inscrições, mas nada relacionado a prova de redação. Os critérios para avaliação da prova de redação ENEM são a cada edição mais rigorosos e avaliam as seguintes competências:
  • Domínio da norma padrão da língua portuguesa;
  • Compreensão da proposta de redação;
  • Seleção e organização das informações;
  • Demonstração de conhecimento da língua necessária para argumentação do texto;
  • Elaboração de uma proposta de solução para os problemas abordados, respeitando os valores e considerando as diversidades socioculturais.  
Possíveis temas para a prova de redação ENEM 2016
Para as edições anteriores do ENEM os temas propostos para a prova de redação seguem um contexto vivenciado em tempos atuais, podemos analisar essa afirmação relembrando as temáticas sugeridas nas útlimas edições do ENEM:
  • 2012: Movimento imigratório para o Brasil no século 21;
  • 2013: Efeitos da implantação da lei seca no Brasil;
  • 2014: Publicidade infantil em questão no Brasil;
  • 2015: A persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira.
Avaliando as escolhas de temas apontadas acima, relacionamos alguns possíveis temas para a prova de redação 2016 para que os candidatos possam se preparar aumentando o conhecimento a respeito dos possíveis temas.
1 – O legado dos jogos olímpicos no Brasil em 2016;
2 – Redução de maioridade penal;
3 – Agropecuária e impactos ambientais;
4 – Doenças virais no Brasil e no mundo;
5 – Escassez de água no Brasil e recursos hídricos;
6 – Igualdade de genêro e luta pelos direitos de igualdade;
7 – Mobilidade urbana;
8 – Sustentabilidade;
9 – Maus tratos a animais e rigorosidade na pena para infratores;
10 – Geração de energia.
É importante que o candidato se atente ao tema, pois é um fator decisivo para obter anulação da prova ou tê-la zerada, veja os sete motivos pelo qual o participante pode ter nota zero na prova de redação do ENEM 2016:
  • Fuga total ao tema;
  • Não obediência à estrutura dissertativo-argumentativa;
  • Texto com até sete linhas;
  • Impropérios, desenhos ou outras formas propositais de anulação, ou parte do texto deliberadamente desconectada ao tema proposto;
  • Desrespeito aos direitos humanos;
  • Redação em branco, mesmo com texto em rascunhos;
  • Cópia do texto motivador.

É altamente indicado que o candidato ao ENEM 2016 organize seu tempo, sugere-se fazer a prova de redação antes das questões objetivas, mantenha calma, não rasure, utilize o rascunho para não correr riscos, lembre-se das regras de utilização de vírgula e crase, não utilizar recursos como ironia ou sarcasmo, evite citações ou palavras difíceis que não tenha absoluta certeza do significado, não esqueça da elaboração do título e fique bem atento a estrutura padrão de uma redação: introdução, desenvolvimento contendo as argumentações e conclusão.
Ministério da Educação anuncia MECFlix e Hora do ENEM
O MECFlix é uma plataforma inovadora, totalmente gratuita, oferecendo aos candidatos, simulados e exercícios preparatório para o ENEM 2016.
Além do MECFlix, no mesmo dia 05/04, o MEC anunciou o Hora do ENEM, ferramenta totalmente gratuita que oferece aos candidatos ao ENEM um auxílio para a realização da prova, incluindo videoaulas, plano de estudos e simulados na modalidade online, também terá programas de TV.


fonte: 
http://www.sisutec.com.br/redacao-enem-2016/